Nota de Imprensa

26-05-2014 08:22

No dia 30 de Maio, terá lugar na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) um Simpósio sobre a vida e obra do Eng.º Jaime Filipe, personalidade reconhecida oficialmente pelos seus altos méritos pessoais e valor dos serviços prestados à comunidade, no âmbito da Engenharia de Reabilitação e das Tecnologias de Apoio para pessoas com deficiência. Será também atribuído o seu nome ao principal laboratório do Centro de Engenharia de Reabilitação da UTAD, criado em 2001.
 
O Eng.º Jaime Filipe, ex-diretor do Centro de Formação da RTP, fundou há 40 anos, no seio da Associação Portuguesa de Invenção e Inovação, o CIDEF – Centro de Inovação para Deficientes Físicos, onde, segundo ele, “a Engenharia de Reabilitação encontrou a porta para entrar em Portugal”. Nesse Centro, concebeu várias patentes, prótotipos e produtos de apoio para pessoas com deficiência, alguns dos quais galardoados por diversas ocasiões no Salão Internacional de Invenções de Genebra e no Salão Mundial de Invenções de Bruxelas. Entre outras invenções, concebeu sistemas de visão táctil e uma bengala electrónica para cegos, mecanismo de acionamento de próteses, elevadores de cadeiras de rodas e sistemas vibratórios de alerta para surdos.
 
Em 1978, o Eng.º Jaime Filipe criou o programa Novos Horizontes na RTP – Um Programa de Inovação para Deficientes, onde passou a divulgar a problemática da acessibilidade, da deficiência e as tecnologias de apoio destinadas a promover a autonomia e independência desta população.
 
A RTP, que também se associou a esta iniciativa da UTAD, para além de vários apoios, relembrará na RTP Memória o Engenheiro Jaime Filipe numa emissão do seu programa Novos Horizontes, a transmitir no próximo dia 31 de Maio (dia do aniversário de Jaime Fillipe). Nesse dia faria 91 anos
 
Jaime Filipe adoeceu em Junho de 1986, vítima de um AVC, ficando completamente paralisado e a comunicar apenas com o piscar dos olhos. Foi nessa condição e no hospital que recebeu, em Maio de 1991, das mãos do Ministro do Emprego e Segurança Social – Dr. José Silva Peneda (atualmente Presidente do Conselho Geral da UTAD), as insígnias do grau de Grande-Oficial da Ordem do Mérito, tendo falecido no ano seguinte.
 
O reconhecimento do exemplo do Engenheiro Jaime Filipe é evocado anualmente, desde 2001, com o concurso e atribuição dum Prémio de Inovação Tecnológica com o seu nome, actualmente sob a responsabilidade do Instituto Nacional para a Reabilitação (INR). Algumas entidades que participam no júri deste prémio, como o INR, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e o Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI), também colaboram na organização deste Simpósio.
 
Em paralelo com o Simpósio Jaime Filipe, decorrerá também uma exposição documental e de tecnologias de apoio do tempo deste pioneiro da Engenharia de Reabilitação em Portugal. 
 
Esta iniciativa, integrada nas comemorações dos 40 anos de ensino superior em Trás-os-Montes e Alto Douro, tem um significado muito especial para a UTAD, uma vez que é a única Universidade a formar Engenheiros de Reabilitação em Portugal ao nível da Licenciatura e Mestrado. No próximo ano lectivo abrirá também uma nova Licenciatura em Tecnologias de Apoio e Acessibilidade (também única no país).
 
O programa do Simpósio pode ser consultado a partir do endereço de Internet  www.acessibilidade.net e o evento acompanhado em direto via Internet, no dia 30 de Maio, a partir da UTAD TV (http://utadtv.utad.pt).